O conceito de faturamento-hora

Já é fato constatado que grande parcela dos profissionais de Odontologia tem dificuldades em gerenciar seus consultórios. A pandemia veio nos mostrar a necessidade de controlar financeiramente todos os nossos gastos, manter reservas técnicas e investir no futuro para construir os novos tempos que iremos enfrentar.

Muitos profissionais me perguntam por onde devem começar, e frente a isso, sempre coloco disciplina financeira como ponto inicial. Controlar o fluxo de caixa anotando todas as movimentações lhe dará uma visão ampla sobre a real condição do seu negócio. Muitos abandonam a prática, pois, como a Odontologia é uma profissão rentável, a falsa sensação de pagamento de todos os compromissos faz com que as pessoas relaxem.

A base do cálculo de faturamento hora para a correta precificação é feita utilizando os dados do fluxo de caixa, aplicados sobre a sua taxa de ocupação média. Um processo que se constrói dia-a-dia e que nos traz um sistema de informações para tomada de decisões extremamente relevante para o momento em que vivemos.

Muitas pessoas somente descobrem o déficit financeiro depois que ele está instalado, levando a tomadas de decisões desfavoráveis ao profissional e seu negócio como a ampliação da jornada de trabalho, utilização de descontos ou tentativa de baixar os custos em segmentos não recomendados, como da qualidade, por exemplo.

Imobilizar capital de giro é um outro erro comum que a falta de controle nos traz. O resultado positivo de um fluxo de caixa nos ajuda a construir um capital de giro adequado e posteriormente um fundo de reserva que possa ser utilizado em negociações especiais. Utilizar o capital de giro para compras de bens de consumo tira a capacidade negocial da prestação de serviços.

Para complementar a busca de informações sobre o tópico, o site www.ident.com.br tem uma série de cursos que poderá te ajudar nesta busca. As plataformas online também tornaram-se uma alternativa tão importante para a Odontologia como o controle financeiro profissional por parte do cirurgião dentista.

Marcelo Alves

  • Graduado em Odontologia pela UNAERP
  • Especialista em dentística pela FORP-USP
  • MBA em Gestão de Sistemas de Saúde pela FGV.
  • Professor do curso de especialização em dentística Funorp Forp Usp 2009-2017.
  • Ministrador internacional por 20 países nos segmentos de odontologia Restauradora e Gestão de Clínicas.
  • Diretor Clínico do team MC Première em Ribeirão Preto/SP

Compartilhe:

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on skype
Skype
Share on email
Email
Share on print
Imprimir